Estrutura Atual

LOGOMARCA SITE

 

O CONSULADO DO GRÊMIO de Floripa e os demais da Grande Florianópolis, são oficialmente os representantes do GRÊMIO FBPA, indicados e legalmente reconhecidos pelo Grêmio.

Não somos uma torcida organizada, ao contrário, somos apenas os representantes do Grêmio, ou seja, os atuais membros do consulado poderão ser substituídos sempre que o Grêmio quiser.

Abaixo descrevemos a nossa estrutura atual e o regimento interno que foi aprovado pelo Grêmio, e portanto, contém as regras para o funcionamento do consulado da Grande Florianópolis.

 

Conselho Executivo

  • Paulo Cezar Sponchiado (Diretor Regional do Grêmio da Grande Florianópolis e Santa Catarina)
  • Angelo Bagolin (Cônsul de Florianópolis)
  • Paulo Roberto Smaniotto Filho (Cônsul de São José)
  • Alsindo Joel da Silva (Adjunto)
  • Amarildo dos Santos Vaz (Adjunto)
  • Domingos Bergamin (Adjunto)
  • Filipe Knabben (Adjunto)
  • Luciano Pimenta (Adjunto)
  • Luis Ernesto Silveira (Adjunto)
  • Michelle Garcia (Adjunta)
  • Rodrigo Sassen (Adjunto)

 Áreas que envolvem a estrutura do Consulado e seus membros

  • Marketing e Comunicação: Sponchiado, Angelo e Michelle
  • Financeiro: Sponchiado, Paulinho e Luis Ernesto
  • Quadro Social do Grêmio: Paulinho, Michelle e Sponchiado
  • Eventos e Ações Sociais: Paulinho, Angelo
  • EsportesAngelo e Michele

 

Categorias de membros do Consulado

Membro Executivo: São todos os cônsules e adjuntos

Sócios: São todos os sócios do Grêmio

Não Sócios: São TODOS os torcedores do Grêmio, de preferência os cadastrados no Exército Gremista (www.exercitogremista.com.br).

Membros Participativos: São todos os sócios e não sócios que desejarem fazer parte da organização do consulado atuando em alguma das áreas acima.

 

Caso desejar fazer parte da organização do consulado, entre em contato, mas lembre-se, a participação é voluntária e principalmente é necessário ser participativo.

 

Regimento Interno do Consulado do Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense na Região da Grande Florianópolis

 

Da Denominação de Sedes e Fins

O CONSULADO DO GRÊMIO FOOT-BALL PORTO ALEGRENSE DA GRANDE FLORIANÓPOLIS, doravante denominado por CONSULADO GRÊMIO FLORIPA, é um órgão representativo do GRÊMIO FOOT-BALL PORTO ALEGRENSE, doravante denominado GRÊMIO, sem fins econômicos, de duração por tempo indeterminado e tem por finalidade geral promover atividades desportivas, sociais e culturais direcionadas ao GRÊMIO.

Único: Em suas atividades, o CONSULADO GRÊMIO FLORIPA se propõe a estimular o crescimento e defender os interesses do GRÊMIO.

O CONSULADO GRÊMIO FLORIPA tem base territorial nos municípios que compõem a Mesorregião     da Grande Florianópolis, determinados de acordo com a definição do IBGE.

As cores do CONSULADO GRÊMIO FLORIPA são o azul, o preto e o branco.

O Pavilhão do CONSULADO GRÊMIO FLORIPA é constituído de uma bandeira própria, que contém as cores e símbolos do GRÊMIO, bem como os termos “CONSULADO”, “GRÊMIO” e “FLORIPA”.

O CONSULADO GRÊMIO FLORIPA também poderá ser representado pela bandeira e símbolos oficiais do GRÊMIO.

 

O CONSULADO GRÊMIO FLORIPA tem como finalidades específicas:

Congregar sócios e torcedores do GRÊMIO, dentro dos melhores princípios de fraternidade humana, e promover reuniões recreativas, esportivas, sociais e culturais;

Estimular a difusão e o crescimento do GRÊMIO em todas as suas áreas de atuação;

Promover o intercâmbio com entidades congêneres de outras cidades;

Fomentar a associação de novos torcedores para o quadro social do GRÊMIO.

No desenvolvimento das suas atividades, o CONSULADO GRÊMIO FLORIPA observará os princípios da legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade, economicidade e da eficiência e não fará qualquer discriminação de etnia, cor, gênero, condição econômica, religião, ideologia, cultura e demais formas de discriminação.

 

Dos Componentes

O CONSULADO GRÊMIO FLORIPA se organizará em quatro categorias:

Membros Executivos: são os responsáveis pela administração e organização do CONSULADO GRÊMIO FLORIPA. Desta categoria fazem parte os Cônsules, os Cônsules Adjuntos e também os Cônsules Honorários do GRÊMIO na mesorregião da Grande Florianópolis;

Sócios: são todos os torcedores que são sócios do GRÊMIO;

Não-sócios: são todos os torcedores que não são sócios do GRÊMIO;

Membros Participativos: são todos os Sócios e Não-sócios que desejarem ajudar na organização e execução das atividades promovidas pelo CONSULADO GRÊMIO FLORIPA.

 

O CONSULADO GRÊMIO FLORIPA contará com número ilimitado de componentes, cuja participação independerá de sua classe social, nacionalidade, sexo, raça, cor e crença religiosa.

Para admissão, permanência e readmissão na categoria “Membros Executivos”, o indicado deverá ser oficialmente Cônsul, Cônsul Adjunto ou Cônsul Honorário do GRÊMIO na mesorregião da Grande Florianópolis;

O membro que desejar demitir-se do CONSULADO GRÊMIO FLORIPA deverá comunicar aos “Membros Executivos” e ao Departamento Consular do GRÊMIO, sendo este o único requisito necessário à sua demissão.

Os Membros Executivos estabelecerão punições, desde advertência formal, suspensão temporária e até mesmo a demissão da categoria “Membros Executivos” do CONSULADO GRÊMIO FLORIPA, bem como sugerir ao Departamento Consular do GRÊMIO sua destituição do cargo de cônsul/cônsul-adjunto, aos integrantes participantes que:

Deixar de pagar 3 (três) mensalidades consecutivas ou sair do quadro social do GRÊMIO;

Exercer atividades consideradas prejudiciais ou conflitantes com as finalidades do CONSULADO GRÊMIO FLORIPA ou com os interesses do GRÊMIO;

Faltar a 3 (três) reuniões e/ou atividades realizadas pelo CONSULADO GRÊMIO FLORIPA consecutivas ou a 5 (cinco) alternadas, desde que não justificadas, no período de 1 (um) ano;

Tiver comportamento antidesportivo quando do desenvolvimento de suas atividades;

Exercer atividade em que o nome do GRÊMIO ou CONSULADO GRÊMIO FLORIPA esteja envolvido para angariar benefício próprio ou que tenham por escopo fins econômicos, excetuando casos em que haja compensação econômica para as organizações supracitadas;

Exercer ou for candidato a cargo público eletivo;

Praticar atos que desabonem o conceito do CONSULADO GRÊMIO FLORIPA;

Deixar de cumprir o disposto neste Regimento Interno.

Os Membros Executivos estabelecerão punições, desde advertência formal até suspensão temporária de participação na organização de atividades ao Membro Participativo do CONSULADO GRÊMIO FLORIPA que:

Exercer atividades consideradas prejudiciais ou conflitantes com as finalidades do CONSULADO GRÊMIO FLORIPA ou com os interesses do GRÊMIO;

Tiver comportamento antidesportivo quando do desenvolvimento de suas atividades;

Praticar atos que desabonem o conceito do CONSULADO GRÊMIO FLORIPA;

Deixar de cumprir o disposto neste Regimento Interno.

Após o exercício do seu direito de defesa, o componente que for punido receberá uma comunicação por escrito informando o fato, e terá o prazo de 10 (dez) dias para interpor recurso, que terá efeito suspensivo até a próxima reunião dos membros executivos, que definirá sua situação.

É assegurado ao componente o direito de defesa e de recurso.

 

São direitos de todos os componentes:

Participar das atividades que constituem as finalidades do CONSULADO GRÊMIO FLORIPA;

Propor aos Membros Executivos medidas de interesse do CONSULADO GRÊMIO FLORIPA;

Assistir às reuniões do Conselho Executivo do CONSULADO GRÊMIO FLORIPA;

Solicitar à Administração quaisquer informações sobre as atividades do CONSULADO GRÊMIO FLORIPA;

Ter prioridade e benefícios nos eventos e atividades realizadas pelo CONSULADO GRÊMIO FLORIPA, podendo estabelecer-se benefícios exclusivos aos componentes das categorias Membros Executivos, Sócios e Membros Participativos.

 

São deveres exclusivos dos Membros Executivos:

Tomar parte da Coordenação e/ou Execução dos projetos propostos pelos Membros Executivos;

Prestar contas de suas atividades sempre que solicitados;

Representar o CONSULADO GRÊMIO FLORIPA e/ou o GRÊMIO sempre que solicitados;

Alterar no todo ou em parte este Regimento Interno;

Dissolução do CONSULADO GRÊMIO FLORIPA;

Previsão orçamentária e prestação de contas;

Discutir e aprovar projetos a serem executados.

Destituição de membros do Conselho Executivo, em face de causas que a justifiquem;

Compor os cargos designados em cada uma das Áreas de Responsabilidades em que se subdividir a administração do CONSULADO GRÊMIO FLORIPA;

Elaborar projetos para integração dos torcedores e engrandecimento do GRÊMIO;

Trabalhar com presteza quando lhe for solicitado pelos demais Membros Executivos e pelo GRÊMIO;

Deliberar sobre as receitas e despesas do CONSULADO GRÊMIO FLORIPA;

Deliberar sobre o calendário das atividades do CONSULADO GRÊMIO FLORIPA;

Responsabilizar-se pelos documentos, livros e arquivos do CONSULADO GRÊMIO FLORIPA;

Regulamentar as atividades do CONSULADO GRÊMIO FLORIPA;

Manter suas atividades e ações alinhadas com este Regimento Interno do Departamento Consular do GRÊMIO;

As fontes de recursos para a manutenção do CONSULADO GRÊMIO FLORIPA são doações, rendas oriundas de publicidade e eventos, comercialização de produtos e outras fontes a critério das definições das reuniões dos membros executivos.

 

Da Administração e modo de Funcionamento dos Órgãos Deliberativos

O CONSULADO GRÊMIO FLORIPA será administrado pelo Conselho Executivo, sendo que:

O Conselho Executivo do CONSULADO GRÊMIO FLORIPA, compõe-se única e exclusivamente pelos Membros Executivos;.

Os membros do Conselho Executivo não receberão remuneração de qualquer espécie ou natureza pelas atividades exercidas no CONSULADO GRÊMIO FLORIPA.

 

O CONSULADO GRÊMIO FLORIPA subdivide-se, para melhor administração, nas seguintes Áreas de Responsabilidade:

 

MARKETING E COMUNICAÇÃO: é a área responsável por:

Manutenção das redes sociais e site oficial do CONSULADO GRÊMIO FLORIPA;

Gestão e criação de produtos;

Divulgação dos eventos e ações do CONSULADO GRÊMIO FLORIPA;

Contato com torcedores (e-mail marketing, resposta a e-mails de contato, etc.);

Mídia (foto e vídeo);

Criação e design de campanhas.

FINANCEIRO: é a área responsável pela:

Administração das atividades econômicas e financeiras;

Elaboração e acompanhamento do orçamento, dos balanços e balancetes e o controle administrativo das receitas e despesas;

Serviços de tesouraria, tais como pagamentos, recebimentos, contabilidade, registros fiscais e apresentação dos relatórios financeiros, balancetes e balanço, submetendo-os à apreciação da Conselho Executivo nas reuniões ordinárias e sempre que solicitado;

Controle de inventário dos bens do CONSULADO GRÊMIO FLORIPA;

QUADRO SOCIAL: é responsável por:

Fomentar a associação de torcedores ao GRÊMIO;

Angariar vantagens para os sócios do GRÊMIO na mesorregião da grande Florianópolis;

Realizar a gestão de sócios e torcedores do GRÊMIO na mesorregião da grande Florianópolis, inclusive ajudando o quadro social do GRÊMIO no controle da inadimplência.

Fomentar o cadastro de torcedores que não desejam se associar no CTG (Cadastro do torcedor Gremista);

EVENTOS E AÇÕES SOCIAIS: é responsável por:

Organizar eventos, ações sociais, confraternizações, entre outros (ex.: Natal Azul, Campanha do Agasalho, Sangue Azul, Arena Bus, Convenções Consulares);

Elaborar agenda anual de eventos e submetê-la à apreciação do Conselho Executivo;

Definir os objetivos gerais e metas econômicas dos eventos.

ESPORTES: é responsável por realizar e organizar confraternizações desportivas.

Os cargos do Conselho Executivo serão preenchidos por votação entre candidatos declarados, a ser realizada em reunião, tendo mandato de 1 ano re-elegível.

Findará o mandato do Membro Executivo caso houver destituição do cargo de Cônsul do GRÊMIO ou termino do seu mandato referido no Art. 18º parágrafo 1°.

Os Membros Executivos permanecerão nos respectivos cargos, embora findos seus mandatos, até a posse de seus substitutos ou reeleição.

O Conselho Executivo rege-se pelas seguintes normas:

Reúne-se, ordinariamente a cada período de 2 (dois) meses e extraordinariamente sempre que necessário, por convocação;

As reuniões do Conselho Executivo serão convocadas sempre com antecedência mínima de 15 (quinze) dias.

O edital de convocação será publicado nos veículos oficiais de comunicação do CONSULADO GRÊMIO FLORIPA e enviado por correspondência eletrônica a todos os Membros Executivos.

Delibera validamente com a presença de metade simples dos Membros Executivos em condições de votar, em primeira chamada, ou com qualquer número dos Membro Executivos em condições de votar, na segunda chamada;

Habitualmente, o voto será por aclamação, mas o Conselho Executivo poderá optar pelo voto secreto.

As decisões serão consignadas em atas circunstanciadas, lidas, aprovadas e assinadas ao final dos trabalhos pelos presentes. As reuniões também poderão ser registradas por algum meio eletrônico e nos veículos oficiais de comunicação do CONSULADO GRÊMIO FLORIPA, desde que disponíveis aos interessados posteriormente.

As reuniões do Conselho Executivo serão realizadas em local de acesso e conhecimento de todos os seus integrantes.

Único: Fica impedido de deliberar e participar das reuniões do Conselho Executivo o Membro Executivo que estiver cumprindo punição ou, por qualquer outro motivo, não estiver no pleno gozo de seus direitos.

 

Do Patrimônio

O patrimônio do CONSULADO GRÊMIO FLORIPA é representado por todos os bens que possua ou venha a possuir, constituindo-se de:

Bens móveis e imóveis adquiridos sob qualquer título;

Troféus e prêmios;

Saldos positivos da execução do orçamento;

Doações e legados.

O CONSULADO GRÊMIO FLORIPA é obrigado a manter seu patrimônio devidamente conservado.

 

Das Disposições Gerais

O CONSULADO GRÊMIO FLORIPA será dissolvido voluntariamente por decisão do Conselho Executivo, especialmente convocada para este fim, caso se tornar impossível a continuação de suas atividades.

Em caso de dissolução, o patrimônio do CONSULADO GRÊMIO FLORIPA passará ao GRÊMIO.

Os casos omissos serão resolvidos na forma deste Estatuto e de acordo com a legislação em vigor.

O presente regimento foi aprovado em 10 de maio de 2013 pelos membros do conselho executivo, especialmente convocada para este fim, e segue assinado pelos presentes.

 

FLORIANÓPOLIS, 27 de maio de 2013

CONSULADO GRANDE FLORIANÓPOLIS